You are currently browsing the tag archive for the ‘Fruta’ tag.

desejo-de-rita-salada-frutas

A Rita Palita lançou um novo desafio light. Desta vez, o seu desejo é de uma salada de fruta original e fresquinha. Para responder a este desejo lembrei-me de uma salada que vi, há uns tempos, num dos muitos blogs que visito. Não sei exactamente qual, por isso utilizei a memória como inspiração e aqui fica a minha versão de Salada de Frutas com Quinoa e Iogurte.

salada-de-frutas_quinoa_iogurte

Calorias: +/- 318 Kcal por porção.

Tempo de Preparação: 20 minutos cozedura, 5 minutos de preparação da salada.

Quantidade: 2 porções.

Ingredientes

45g de quinoa crua

2 iogurtes naturais light com adoçante

1 maçã

1 tangerina

1 banana pequena

1 punhado de passas

1 colher de sobremesa de mel

Canela em pó a gosto

Preparação

1. Lave e coza a quinoa em água durante 20 minutos. Depois escorra e reserve até que arrefeça.

2. Corte a maça em bocados pequenos e regue com sumo de limão para que não oxidem. Corte a banana em rodelas e separe a tangerina em gomos.

3. Junte a maça e a quinoa e regue com 1 colher de sobremesa de mel. Envolva bem.

4. Coloque os iogurtes no centro de uma tigela. Coloque à volta a quinoa e a maça, a banana e a tangerina.

5. Salpique com passas, regue com o restante mel e polvilhe com canela a gosto.

Apreciação: Excelente pequeno-almoço, lanche ou snack.

Fotos: Susana B.

…é preferível consumir fruta a sumo de fruta.

A razão é simples: a fruta digere-se melhor e sacia mais se for comida. Por exemplo, beber três copos de sumos de laranja é fácil para a maioria de nós. No entanto, se comermos uma laranja gomo a gomo, ficamos tão ou mais saciados. Por outro lado, ao comermos a laranja, comemos também a pele branca que contém uma certa fibra que elimina as toxinas do nosso corpo.

Fonte: Revista “Prevenir” n.º 35, Setembro 2008.

Foto: Europics

Esta receita foi feita para participar no desafio do Rei Mamão do Blog Colher de Tacho e é uma sugestão de sobremesa diferente.

Em Portugal, existe uma grande confusão sobre o que é mamão e o que é papaia. Eu própria não sabia como chamar este fruto. Segundo um artigo existente na WIKIPEDIA, estas são duas das três possíveis designações deste fruto. Mamão, papaia ou ababaia são nomes dados ao fruto do mamoeiro ou papaeira, árvores das espécies do género Carica, especialmente de Carica Papaya. Em Angola e Moçambique, utilizam-se os termos mamão / mamoeiro para identificar o fruto mais arredondado, identificando papaia / papaeira com o fruto mais alongado e mais adocicado.

Relativamente ao Rei Mamão, inspirei-me numa receita que vi de meloa com vinho do porto e resolvi experimentar com mamão. Entretanto, adicionei mais alguns ingredientes. Ficou assim.

Calorias: +/- 220kcal por porção.

Tempo de Preparação: 5 min.

Quantidade: 2 porções.

Ingredientes

1 Mamão / Papaia (Comprei um mamão dos mais pequenos e menos doce, mas esta receita também pode ser feita com os maiores e mais doces)

4 colheres de sobremesa de mel

Canela q.b.

Vinho do Porto q.b.

Preparação

1. Corte o mamão ao meio no sentido transversal.

2. Retire as pevides e reserve algumas para decorar o prato.

3. Coloque cada metade do mamão em pratos de servir e regue cada metade com 1 colher de mel. Eu deixei o mel cair em fio sobre o mamão.

4. Encha a concavidade do mamão com vinho do porto.

5. Polvilhe o mamão com canela a gosto.

6. Decore o prato com uma colher de mel, canela em pó e pevides de mamão.

7. Coma com uma colher molhando, se desejar, o mamão no mel que se encontra no prato.

Apreciação: Fresco, Original, Docinho e Bom. )

Fotos: Susana B.

…idealmente deveremos ingerir 9 doses diárias de frutas e legumes, tendo como referência um número mínimo diário de 5 doses.

A vossa questão será provavelmente: Como? Como vou eu comer 9 doses? Foi a questão que eu me fiz.

SUGESTÕES PARA COMER MAIS VERDE:

- Ingira 3 doses de fruta e o restante em vegetais;

- Adicione legumes aos seus cozinhados. Isso representa uma dose. Por exemplo, se comermos arroz com grelos estamos a ingerir uma porção de vegetais;

- Coma sopa. O consumo de sopa às duas refeições principais contabiliza outras duas porções de legumes;

- Como uma cenoura a meio da manhã ou a meio da tarde. Pode descascá-la e cortá-la em casa, e transportá-la para qualquer lado dentro de uma caixinha;

- Utilize legumes congelados. São de excelente qualidade nutricional. Alguns deles têm maior qualidade que os frescos, pois estes degradam-se durante o transporte e armazenamento;

- Cozinhe os legumes na grelha. Este modo de cozinhar é fácil e acentua o sabor dos vegetais;

- Beba sumo de tomate engarrafado. É uma óptima fonte de licopene (susbstância anti-oxidante que previne o cancro da próstrata);

- Estufe legumes com um pouco de azeite, alho e coentros para que fiquem mais apetitosos;

- Coza os legumes e depois saltei-os em azeite e alho;

- Coza os legumes a vapor. Desta forma mantêm maior qualidade nutricional;

- Cozinhe pratos principais apenas com legumes, nozes ou outros frutos secos, pelo menos duas vezes por semana;

- Utilize legumes já arranjados e lavados, embora mais caros, haverá maior probabilidade de serem consumidos, sendo só necessário temperar;

- Faça bons temperos para as suas saladas cruas, para que ingira os alimentos crus com maior satisfação.

- Cozinhe os alimentos ricos em hidratos de carbono juntamente com os legumes, ou seja, faça arroz de grelos, de couve lombartda, de tomate, etc.

- Leve fruta consigo, sempre que sair de casa.

- Descasque melão ou melancia, corte-os aos cubos e guarde no frigorífico para comer como snack a meio da manhã ou a meio da tarde;

- Faça sobremesas com fruta. Gelatina com fruta, tarte de maça sem açucar, compota e maça ou pêra com iogurte;

- Confecione pratos principais com fruta;

- Beba, sempre com moderação (porque são muito calóricos), sumos de fruta.

- Faça sorvetes de fruta com iogurte.

Fonte: Branco, Teresa. 2007. Estratégias para gerir o seu peso. Casal de Cambra:Caleidoscópio.

Foto: The Sun.

…é importante ter um prato colorido para ter uma alimentação nutritiva.

Segundo a Dr.ª Teresa Branco, a natureza criou um código próprio de cores que nos diz quais os alimentos mais ricos e os mais pobres em nutrientes. Deste modo, os vegetais de folha verde mais escura têm, na generalidade, mais vitaminas que os vegetais de folhagem mais clara. Outro indicador, é a cor vermelha. Os frutos vermelhos são mais ricos em anti-oxidantes que os restantes frutos. Um bom exemplo, são as uvas escuras e as uvas brancas. As primeiras são muito mais ricas em anti-oxidantes que as segundas.

Esta codificação é um excelente guia para quando fazemos compras: quanto mais colorido for o nosso cesto de legumes e frutas, mais saudável será a nossa alimentação.

Fonte: Branco, Teresa. 2007. Estratégias para gerir o seu peso. Casal de Cambra:Caleidoscópio.

Foto: computix

E-mail:

menoscaloriasmaisvida @gmail.com

Estilo de Vida


Eu faço RECICLAGEM!

Eu uso ECOBAGS!

Amo esta IDEIA!!

Que dia é hoje?

Tradutor Culinário

myfoodtranslator.com

Blog Stats

  • 1,794,153 hits

Visitas

A partir de 2 de Setembro contador gratis

Comunidades Culinárias

Desafios Culinários

Prémios e Miminhos da Blogoesfera

Tânia do Zakuskas

Alcina do Artes, Viagens e Sabores

Andréa Almeida do Blog homónimo

Andréa Almeida do Blog Maria Embonecada

love_blog1

Karla do Blog O Meu Almoço

blog5estrelas

Alcina, do Arte, Viagens e Sabores.

premio-keep-up

Ameixa Seca, do Canela Moída.

da-dama

Ameixa Seca, do Canela Moída.

mimo-da-borboleta

Ameixa Seca, do Canela Moída.

Selo_glamour1

Gullo, do Blog da Gullo

selo_olho

Verdinha, do Sotão da Verdinha

selo magico

Gullo, do Blog da Gullo

Laços Culinários

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 112 outros seguidores